Menu

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Joaquim vai a Buenos Aires!

Jardim Japonês
Porque Buenos Aires?

Basicamente porque amamos a cidade e daqui de Brasília tem vôo direto! Como já conhecemos bem Buenos Aires, pulamos os pontos turísticos e fomos direto ao que interessa! 

Em Buenos Aires, a vida começa um pouco mais tarde e termina quase de madrugada. Então quando estiver com crianças, que normalmente acordam mais cedo, priorize visitar locais públicos e abertos logo pela manhã pois as lojas costumam abrir por volta de 9 horas da manhã.


A viagem

Dessa vez o Joaquim deu uma de urso polar e resolveu hibernar. Acho que o friozinho de 7°C  a 10°C foi um sonífero para ele (rs). Acordava só quando o sol aparecia na cara dele.
Chegamos a Buenos Aires na madrugada de sexta para sábado. Nos hospedamos no Ibis Congreso e tivemos uma boa estadia por lá! Assim que chegamos ao hotel foi providenciado um berço para o Joaquim. O único problema é que o berço era do tipo dobrável e eu não acho seguro para bebes, pois o colchão é mole e as laterais se movem.
Como já sabemos que lá em Buenos Aires existem as melhores medialunas e facturas do mundo, desistimos de tomar café da manhã no hotel e saímos à caça desses pãezinhos dos deuses. E para nossa felicidade, atravessando a rua do hotel, encontramos uma confeitaria que tinha facturas maravilhosas. Foi quando o Joaquim sentiu pela primeira vez o vento frio no rosto e ele não gostou nada nada. Acostumado com o calor do deserto de Brasília, não ficou muito feliz não.

Facturas argentinas

Em seguida fomos conhecer o Teatro Colón. Como o carrinho do Joaquim não podia entrar no teatro tivemos que deixa-lo na recepção do teatro e seguimos para a visita guiada com o pequeno no sling.


Visita ao Teatro Colón

Vale muito a pena conhecer o teatro Colón! Melhor ainda se você tiver a oportunidade de assistir a um espetáculo! Acusticamente é considerado um dos cinco melhores do mundo.


Almoçamos no tradicional San Juanino, um restaurante que está bem turístico no bairro da Recoleta. Experimentamos empanadas e o tradicional bifão a milanesa com purê de batatas, estava tudo muito bom e o preço é justo! Como esse restaurante esta muito famoso entre os turistas, tem que chegar cedo porque esta sempre lotado. A parte ruim é que saímos todos com cheiro de comida, pois a cozinha é aberta para o salão. 
Depois do almoço, passamos para tomar um sorvete na Volta Heladería e fomos descansar no hotel. 

A noite fomos jantar em Puerto Madero. Antes de ir ao restaurante passeamos por lá enquanto Joaquim dormia no carrinho, até o momento que o calçadão ficou muito irregular e eis que ele acorda querendo mamar. Tivemos que parar no primeiro banquinho que eu encontrei para ele mamar e acabamos parando em um lugar muito engraçado! Olha só a foto.

Amamentando com Carlos Gardel

Jantamos no La Parolaria, fomos muito bem recebidos com um welcome drink. Aguardamos um pouco e seguimos para a mesa. Joaquim acordado prestava atenção em tudo! Uma coisa curiosa é que lá em Buenos Aires todos os restaurantes oferecem couvert com pãezinhos deliciosos já incluso no cubiertos (valor cobrado obrigatório nos restaurantes), ou seja, não adianta recusar por que simplesmente está incluso. Como já estava na hora de Joaquim dormir, ele começou a ficar incomodado e choramingando. Fizemos o pedido, em cinco minutos a comida chegou, comemos e fomos para o hotel. Viajar com bebê é assim. Às vezes eles estão curtindo numa boa e às vezes não.

No final da manhã de domingo resolvemos passear na feirinha de San Telmo. Chegando lá, tivemos muita dificuldade de andar com o carrinho do Joaquim, pois as ruas são de pedra. Como lá só vende antiguidades, a gente desanimou do passeio e pegamos um táxi sem rumo. Acabamos parando no jardim japonês. O passeio foi ótimo! O jardim é muito lindo e nós tiramos varias fotos!

Jardim Japonês

O almoço de domingo foi no restaurante Miranda, localizado no bairro Palermo. A comida estava perfeita, o serviço foi muito bom e o preço também! 


Depois do almoço fizemos o melhor programa da viagem inteira! Levamos Joaquim ao teatro Taller del Angel para assistir um espetáculo para bebês do Proyecto UPA. O espetáculo teve duração de 30 minutos e era indicado para crianças de 0 a 2 anos. Todos os bebês interagiam com os artistas e seus pais. O Joaquim ficou encantado! Primeiro porque eu acho que ele se identificou com todos aqueles bebês e segundo porque a peça era encantadora.

Teatro para bebês






Para encerrar

Transporte: Nesta viagem fizemos todo o roteiro de taxi

Teatro Colón (visita guiada): ARS $250
Teatro de bebês: ARS $120 (para conseguir pagar meia entrada acesse http://www.defamilyas.com.ar)

Food week: Versão argentina do nosso Restaurant Week (www.foodweek.com.ar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com