Menu

Drop Down MenusCSS Drop Down MenuPure CSS Dropdown Menu

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Um dia em Viena com criança

Por Ludmila Requião


Palácio Belvedere


Saímos de Praga no dia 10 de abril de 2018 rumo a Viena!  Pegamos um ônibus do nosso hotel até a estação de trem de Praga!  Mesmo com as passagens do trem em mãos, tivemos dificuldade de achar nosso portão de embarque. Fomos para o portão errado depois saímos correndo para chegar a tempo ao portão certo. Ou seja um perrenguezinho de leve mas no fim das contas deu tudo certo! Por isso que é bom chegar cedo na estação para se informar.


No trem indo de Praga para Viena

Idade do Joaquim 

1 ano e 11 meses. 

Clima

O clima em Viena estava entre 10 e 17 graus, ótimo para turistar! Amanhecia friozinho, no meio do dia esquentava e dava para tirar o casaco e no fim do dia esfriava de novo.

Meio de Transporte 

Para turistar pela cidade, compramos um ticket válido por 24 horas por 8 euros por pessoa, Joaquim não pagava. Mas na verdade o que usamos muito foi as canelas mesmo kkk! Acho que andamos mais de 10km em um só dia em Viena! 
Como o metrô de Viena é sem catraca, você deve validar seu tiket para provar que foi usado caso um fiscal te aborde. Cuidado! Se seu tiket não estiver validado você receberá uma multa! 

Máquina para validar tiket

Acessibilidade

Viena é uma cidade ótima para andar com carrinho de bebê!  Aliás, assim que cheguei me deu vontade de comprar um patinete kkk! Muita gente anda de patinete pela cidade!
Vi muita gente de bicicleta também graças as ciclovias espalhadas para todos os lados da cidade. Uma maravilha!

Hospedagem

Nos hospedamos no Novotel, que foi o hotel mais em conta que encontramos por lá! Hospedagem em Viena é caro, caro, caro! 
Gostamos muito do serviço, pena que o café da manhã não estava incluído. Mas isso não foi um problema, pois tinha um supermercado com padaria do outro lado da rua! 


Novotel

A grande vantagem do Novotel era esse apoio de cozinha! Tinha uma mini pia, chaleira, frigobar e microondas. Como eu tinha levado do Brasil minha panelinha elétrica, faca, arroz e feijão crú, consegui fazer uma comidinha para o Joaquim! 




Outra grande vantagem desse hotel era a proximidade do metrô! 

Passeio no supermercado

A gente sempre gostou de passear no supermercado fora do Brasil, faz parte do passeio turístico! Saímos do hotel e do outro lado da rua tinha o supermercado Billa!


Supermercado Billa


Comprei um pouco de alho, cebola e cenoura para a comidinha do Joaquim, pães, ovos e uns morangos gigantescos para o café da manhã e outras besteirinhas.


Dia de passeio pela cidade

Arrumei a mochilinha do Joaquim com uma roupa extra, 4 fraldas descartáveis, uma garrafinha de água, o almoço  que eu tinha feito para ele na noite anterior e saímos do nosso hotel depois do café da manhã! Salvamos no celular o caminho que iriamos percorrer e fomos felizes da vida! Alias, a gente sempre salva o itinerário no celular porque se faltar internet não ficamos perdidos!


Primeira parte do itinerário

Palácio Shönbrunn

O Palácio Shönbrunn foi residência de verão da família imperial austríaca! A arquiduquesa D. Leopoldina de Habsburgo, esposa de D. Pedro I lembram? Aquela que foi princesa regente interina do Brasil antes da nossa independência e primeira mulher a se tornar chefe de estado do Brasil, nasceu e morou lá em Shönbrunn até 1817. 
Compramos o ingresso do gran tour que demora em torno de 50minutos.


Palácio Shönbrunn


Palácio Shönbrunn


Palácio Shönbrunn


Por lá tem passeio de charrete (caro, caro, caro) e um jardim enorme bem legal para as crianças brincarem!!! Joaquim adorou sair correndo desembestado pelos jardins e gostou também de brincar com as pedrinhas do chão!
Para a visita no interior do Palácio, recebemos um áudio guia! Estava ótimo até o momento que Joaquim tomou meu áudio guia e eu tive que me virar para entender tudo que eu estava vendo! Ele escutou a narração até o final! Espero que ele se lembre de tudo quando estiver estudando história!


Visita no interior do Palácio


Visita no interior do Palácio



Fundo do Palácio Shönbrunn


E não para por aí! Se vocês pensam que esse passeio é coisa de adulto estão muito enganados hehehe
Encontramos por lá uma programação só para crianças no Kindermuseum! Nos doze quartos do andar térreo tudo gira em torno da vida no século XVIII.  As crianças podem brincar com brinquedos dos tempos antigos e todos podem se vestir como príncipes e princesas!
Para acessar essa parte do Palácio é preciso comprar um ingresso separado!


Museu das Crianças


Não tivemos tempo para visitar o Museu das Crianças. Teremos que voltar para conferir! Do segundo andar pude dar uma espiadinha na área infantil!


Museu das Crianças


No fim desse passeio, sentamos na escadaria do palácio e Joaquim papou toda a comidinha que eu tinha levado para ele! O que eu consegui fazer no quarto do hotel foi uma comida bem simples, arroz, feijão e cenoura! Ele comeu tudinho! Fiz muito bem em levar o almoço dele porque lá por perto não tinha restaurante, só a lanchonete do Palácio.



Escadarias do Palácio Shönbrunn


Antes de partir para o próximo destino, trocamos a fralda de Joaquim e depois ele deitou no carrinho e já dormiu. Seguimos para a estação de metrô perto do Palácio e continuamos nosso tour!


Igreja de São Carlos de Borromeu (Karlskirche)

Enquanto Joaquim dormia a gente tirava foto de calsalzinho em frente a Igreja de São Carlos de Borromeu (Karlskirche)! A construção da Karlskirche em estilo barroco vienense, foi ordenada pelo Imperador Carlos VI de Habsburgo em cumprimento a sua promessa pela erradicação da peste negra em 1713. Pensando bem... não é um lugar muito romântico hehehe!!!
Em frente essa igreja tem uns bancos de concreto enormes que os vienenses aproveitam e sentam para almoçar. Eu pude perceber que muita gente come sua marmitinha pelas praças de Viena! Será que é porque os restaurantes cobram o olho da cara por uma refeição?!


Igreja de São Carlos de Borromeu (Karlskirche)


Bem pertinho da Igreja de São Carlos de Borromeu tinha uma praça com um parquinho super legal! Pena que Joaquim estava dormindo e não aproveitou.


Passeando pela avenida Kärntner Ring


Almoço 

Almoçamos em um quiosque chamado Wiener Würstelstand que fica na avenida Kärntner Ring em frente ao Bristol Hotel, esse lugar fica a alguns passos do Viena State Opera House! Comemos um hot dog perfeito e gigantesco de Käsekrainer que é salsicha recheada com queijo! Gente, fiquei impressionada com os quiosques de Viena! Todos com estrutura boa, super limpinhos tanto por dentro como por fora e o mais importante, vendem produtos de excelente qualidade! Fomos muito bem atendidos apesar da dificuldade de comunicação com o vendedor que só falava alemão. 



Wiener Würstelstand


Burggarten

No caminho para o Palácio Holfburg paramos no Burggarten, parque que um dia foi jardim privativo dos Hofburg. Como era início da primavera, vimos alguns vienenses tomando um solzinho deitados na grama!
Logo na entrada do parque está a estátua de Mozart, gênio da música clássica!



Burggarten


Vejam que legal essa clave de sol feita de flores, que por sinal sempre mudam de cor!!!



Burggarten


Palácio Imperial Hofburg

Saímos do parque Burggarten e passamos pelo Palácio Imperial Hofburg! Esse palácio foi residência de inverno dos Habsburgo! Hoje funciona a biblioteca Nacional Austríaca, a Escola Espanhola de Equitação, os gabinetes do presidente da Áustria e museus! Enquanto a gente andava Joaquim seguia dormindo no carrinho...


Palácio Imperial Hofburg


Parlamento Austríaco

Passamos em frente ao Parlamento Austríaco, só na porta mesmo pois estava em reforma!


Parlamento Austríaco


E nesse momento Joaquim cansou de ir no carrinho! Logo após essa foto ele pediu colo de mamãe! Nessas horas eu queria ser o incrível Hulk para aguentar carregar tanto peso!




  Park

Continuando nossa caminhada pela cidade, paramos na Rathaus Park! Como o Palácio Rathaus estava em obras, não chegamos muito perto. É lá que funciona a prefeitura e conselho municipal da cidade!


Rathaus Park


Rathaus Park


Enquanto a gente descansava um pouco, Joaquim comeu banana e foi brincar com os patos que estavam lá na praça!




Michaelerplatz

Passamos também pela Michaelerplatz, uma praça famosa de Viena que fica perto do Palácio Imperial de Hofburg.


Michaelerplatz


Aproveitamos para tomar uma limonada no Café Hofburg!


Café Hofburg


Perto da Duomo de Viena, encontramos uma loja da La Cure Gourmande! Essa fonte de guloseimas é encontrada em algumas cidades da Europa! O que chamou a atenção foram os deliciosos biscoitos artesanais que derretem na boca, tipo aqueles que a gente compra no natal que vem na latinha! Joaquim se aproveitou e experimentou alguns na loja mesmo! Depois atacou quase todos que a gente tinha comprado!


La Cure Gourmande


La Cure Gourmande


Catedral de Santo Estevão

Passamos muito rapidamente pela Catedral de Santo Estevão, a Duomo de Viena, é uma das mais importantes catedrais góticas do mundo! 
Estava cheio de turistas por lá e Joaquim no meio hehehe


Catedral de Santo Estevão


Palácio Belvedere

Um pouco antes de chegar ao nosso próximo e último destino, Joaquim precisou trocar fralda! Paramos em uma estação de metrô próximo ao Palácio Belvedere e fomos ao banheiro lavar o bumbum do moleque! Foi uma correria danada até chegar até o Palácio Belvedere pois já estava quase na hora de fechar!


Palácio Belvedere


O palácio Belvedere foi construído pelo príncipe Eugénio de Saboia para ser sua residência de verão! Mas quem é esse Eugénio de Saboia? Ele foi um príncipe da Casa de Saboia, que vivia na corte de Paris! Devido a alguns problemas pessoais, fugiu da França e  foi morar na Áustria.
Hoje, esse palácio barroco conhecido como um dos mais bonitos do mundo, abriga a Galeria Austríaca com a maior coleção de obras do Klimt, Schiele e Kokoschka no Belvedere Superior. No Belvedere Inferior fica o Museu Barroco e o Museu de arte Medieval.


Palácio Belvedere


Joaquim não demostrava cansaço mas com certeza estava exausto do tour a jato que a gente fez que até sentou no meio da estrada do palácio para brincar com uma florzinha! Calma, não se preocupe que nessa estrada não passa carro!


Fundos do Palácio Belvedere



Jardim do Palácio Belvedere



Jardins do Palácio Belvedere


Depois dessa saga toda voltamos para o hotel de metrô! Eu já tinha deixado a comida de Joaquim pronta no frigobar que por sinal era o mesmo cardápio do almoço! Fiz um ovinho mexido na panela elétrica e pronto! O moleque comeu tudo!


Novotel


E para relaxar, banho de banheira!






Depois cama! 


Dicas:

Meu conselho é separar no mínimo dois dias para conhecer Viena e fazer esse roteiro que a gente fez com mais calma. De um ponto turístico para o outro é tudo perto para ter o trabalho de pegar ônibus ou outro transporte só que é longe para ir andando. Mas nós viajantes gostamos disso mesmo! Colocar um tênis confortável e pé na estrada!


Dicas de outros lugares legais para ir com a meninada:



O Museu de História Natural de Viena - Na verdade esse museu agrada pessoas de todas as idades. Acredito que a ala mais interessante para as crianças é a dos animais. Lá tem fosseis de dinossauros e animais que eles nunca viram!


Museu Technisches - Esse museu também irá agradar tanto as crianças como os pais porque conta a história da tecnologia!


Zoologico Tiergarten Shönbrunn - Quando vocês forem ao Palácio de Shönbrunn, aproveite para conhecer o Zoológico de Viena, pois o zoo fica no mesmo complexo que o palácio. O Zoológico de Viena é o mais antigo do mundo!


Parque Prater - Parque de diversão que agrada a todas as idades! 


Confira também o resumo dessa viagem e vídeo 👇

Um dia em Viena com criança





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com